Avalie sua organização

O esporte pode desempenhar um papel importante no bem estar e no desenvolvimento das meninas adolescentes. No entanto, se a inclusão e segurança das meninas e a criação de espaços seguros não ocuparem o centro da elaboração, desenvolvimento e implementação do programa, então tal programa corre o risco de causar mais mal do que bem. As autoavaliações a seguir foram projetadas para ajudar você a pensar sobre vários aspectos da segurança e da inclusão das meninas em um programa de esporte.

Você poderá utilizá-las como ferramenta para promover o diálogo entre a sua equipe e as/os participantes do programa sobre a segurança e a inclusão de gênero. Você também pode utilizá-las para identificar pontos fortes e pontos a serem melhorados no programa, contribuindo para o plano de melhorias. Finalmente, você pode usar a autoavaliação para acompanhar o progresso de sua organização em matéria de segurança e inclusão de gênero no esporte ao longo do tempo.

Autoavaliação da Segurança das Meninas no Esporte
1.1 Instalações e Equipamentos Seguros
(a) Espaço de Jogo Seguro
Nossa organização garante que os espaços de jogo estejam livres de quaisquer riscos externos.
Exemplo - Objetos perigosos são removidos (vidro, pedras, etc.)
- O campo é o mais nivelado possível, com quaisquer grandes buracos preenchidos
- Não há violência de rua presente
- O tráfego de veículos não entra no campo

(b) Condições climáticas
Nossa organização tem uma política de interromper treinamentos e competições em condições perigosas de tempo (relâmpagos, calor intenso, etc.).

(c) Vestuário e Equipamentos Adequados
A nossa organização oferece às participantes equipamentos de proteção e tênis adequados para as atividades e para o clima.

1.2 Transporte
(c) Vestuário e Equipamentos Adequados
A nossa organização oferece às participantes equipamentos de proteção e tênis adequados para as atividades e para o clima.
Exemplo
- As atividades do programa se dão em horários seguros para o deslocamento das meninas.
- Os caminhos de ida e volta ao programa são bem iluminados

(b) Oferta de Transporte
Se os caminhos de ida e volta ao programa (aulas e competições) são considerados perigosos, nossa organização toma medidas para garantir a segurança das meninas.
Exemplo
- Transporte é providenciado nos caminhos perigosos
- Uma pessoa responsável acompanha as meninas

1.3 Primeiros Socorros
(a) Kit de Primeiros Socorros
Nossa organização garante que haja um kit de primeiros socorros bem abastecido e de fácil acesso disponível durante todas as atividades do programa, e as participantes, assim como as/os treinadoras/es, sabem como acessá-lo.

(b) Responsável pelos Primeiros Socorros
Nossa organização dispõe de, pelo menos, um/a treinador/a responsável pelos Primeiros Socorros (treinador/a, voluntário/a, árbitro/a) durante cada uma das atividades.

(c) Referência em caso de Lesões
Nossa organização identificou e desenvolveu relações com clínicas ou hospitais apropriados próximos da área do programa, onde as meninas podem ser levadas em caso de lesões mais sérias.

1.4 Nutrição
(d) Água
Nossa organização oferece quantidade adequada de água fresca e potável para todas as participantes durante atividades físicas.
Exemplo
- Participantes recebem múltiplas oportunidades para beber água durante as atividades, especialmente durante o tempo quente

(e) Comida
Nossa organização fornece alimentos ou lanches para as participantes antes e / ou depois de atividades físicas, caso elas não estejam recebendo alimentação adequada em casa.

2.1 Treinamento e Facilitação
(a) Supervisão Feminina
Nossa organização garante que uma mulher adulta esteja acessível caso haja um treinador/professor do sexo masculino na realização de uma aula e este ou alguma das meninas precisem de assistência.

(b) Facilitação Feminina
Nossa organização garante que facilitadoras do sexo feminino apliquem as atividades de habilidades para a vida, particularmente os que abordem temas sensíveis relacionados com a violência de gênero e com os direitos e saúde sexual e reprodutiva. (Se aplicável)

2.2 Gestão do Grupo e Inclusão
(a) Diversidade é Valorizada e Acolhida
Nossa organização garante que o programa seja concebido levando em consideração as diversas necessidades especiais (religiosas, culturais, de habilidade) que as meninas podem vir a possuir.
- As meninas devem se sentir bem-vindas e valorizadas, tendo oportunidade de participar de maneira significativa no programa independentemente da sua origem cultural e religiosa ou de sua deficiência

(b) Abordando o Bullying
Nossa organização não tolera nenhuma forma de bullying.

Exemplo
- As/Os professoras/res e facilitadoras são treinada/os para identificar o bullying e lidar eficazmente com os participantes que sejam vítimas ou que pratiquem o bullying
- Existe uma política clara contra o bullying, que é conhecida por treinadoras/res, professoras/res, facilitadoras e participantes

(c) Fazendo Reclamações
Nossa organização garante que as meninas possam levantar questões ou preocupações relacionadas com o programa de forma confidencial

2.3 Vestuário Esportivo Adequado
(a) Vestuário Adequado para o bem-estar emocional
Nossa organização garante que as meninas utilizem vestuário culturalmente apropriado para a prática do esporte, levando em consideração sua segurança física e capacidade de praticar o esporte

2.4 Instalações Seguras
(a) Banheiros/Vestiários
Nossa organização garante que as meninas tenham um lugar seguro e privado, onde elas possam se trocar e utilizar o banheiro antes e depois das aulas que não seja acessível a meninos e funcionários / treinadores do sexo masculino.

Exemplo
- As meninas possuem vestiários e banheiros próprios
- Quando os vestiários são compartilhados, meninos e homens não são permitidos no vestiário durante as atividades das meninas

(b) Espaço de Treinamento Seguro
Nossa organização garante que as sessões de habilidades para a vida que abordem questões sensíveis sejam entregues em uma sala ou espaço privado e inacessível a pessoas de fora, especialmente os meninos e homens. (Se aplicável)

Exemplo
- Sessões que tratam de questões relacionadas à violência de gênero ou aos direitos e saúde sexual e reprodutiva

(c) Gestão dos Espectadores
Nossa organização garante que o espaço de aula não seja acessível aos espectadores, que podem vir a inibir uma participação segura das meninas no esporte.

Exemplo
- Espectadores dão suporte às meninas enquanto elas jogam ao invés de fazê-las se sentir desconfortáveis
- Qualquer assédio ou provocação que ocorre é relatado e sujeito a investigação por meio de um processo formal

3.1 Políticas de Proteção à Criança
(a) Política de Proteção à Criança
Nossa organização criou e tem difundido sua Política de Proteção à Criança, que é bem compreendida e aplicada por todas/os as/os funcionárias/os e voluntárias/os, passando por revisões regulares.

Exemplo
- A política é acessível as participantes, funcionárias/os, treinadoras/es, professoras/es e voluntárias/os em termos de sua visibilidade e linguagem
- A política se aplica a todas as atividades e eventos, de curto ou longo prazo
- Procedimentos formais estão facilmente acessíveis para resolver qualquer violação da política

(b) Código de Conduta
Nossa organização possui um código de conduta que é assinado por todos as/os treinadoras/es, professoras/es funcionárias/os, voluntárias/os, visitantes e consultores externos.

Exemplo
- Refere-se a condutas inapropriadas como o toque ou conduta sexual inadequada, comportamentos impróprios etc.
- Visitantes, doadores e / ou voluntários devem assinar o código de conduta

(c) Análise de Risco
A nossa organização realiza uma análise de risco regular para entender e minimizar as possíveis vulnerabilidades que participantes e funcionários possam ter com a política de proteção à criança.

3.2 Procedimentos de Proteção à Criança
(a) Processos para Denúncia e Encaminhamento
Nossa organização tem um sistema de notificação e encaminhamento para o assédio e/ou o abuso (para incidentes dentro e fora do programa).

Exemplo
- Treinadoras/es,professoras/es, funcionárias/os, voluntárias/os e participantes compreendem e recebem treinamento regular sobre o processo

(b) Processos de Investigação e Reclamação
Nossa organização possui processos de investigação e de reclamação claros em caso de violações internas da política.

(c) Termo de Autorização da Participação
Nossa organização exige que os responsáveis assinem o termo de consentimento para menores de idade que participam em todos os programas regulares.

(d) Termos de Autorização do Uso da Imagem
Nossa organização exige que os responsáveis assinem o termo de autorização do uso de fotos/vídeos antes de liberar qualquer imagem das crianças no domínio das mídias/internet.

3.3 Treinamento da Equipe
(a) Treinamento em Segurança e Inclusão
Nossa organização oferece treinamentos regulares sobre segurança e inclusão para todas/os os funcionárias/os, voluntárias/os, professoras/es. treinadoras/es e participantes.

Exemplo
- As/os treinadoras/es e voluntárias/os são treinadas/os para garantir a segurança física e emocional das participantes
- As/os treinadoras/es e voluntárias/os são treinadas/os em como discutir e abordar tópicos sensíveis com as meninas de uma forma emocionalmente segura

(b) Treinamentos em Políticas e Procedimentos de Proteção à Criança
A nossa organização oferece treinamento regular para todas/os as/os funcionárias/os, voluntárias/os e participantes sobre a política de proteção à criança, bem como os processos de denúncia e encaminhamento das violações.

Exemplo
- Todos recebem treinamento sobre a Política de Proteção à Criança, o Código de Conduta e a Política de Gênero

3.4 Funcionários
(a) Verificação de Antecedentes
Nossa organização conduz verificação de antecedentes ao contratar funcionárias/os ou aceitar voluntárias/os.

Exemplo
- Quando a verificação de antecedentes não está disponível, a minha organização realiza verificações de referências.

(b) Oficial de Proteção à Criança
Nossa organização tem uma/um Oficial de Proteção à Criança, para supervisionar políticas, procedimentos e violações.

3.5 Envolvimento do Participantes e da Comunidade na Proteção à Criança
(a) Desenvolvimento de Políticas e Procedimentos
Nossa organização garante que as crianças estejam envolvidas nas discussões sobre a segurança e na criação de políticas e procedimentos.

(b) Abordagem Centrada na Criança
Nossa organização oferece treinamento regular para as participantes sobre a política e procedimentos de proteção à criança, utilizando uma linguagem acessível as participantes.

(c) Envolvimento da Comunidade
Nossa organização garante que os pais/responsáveis estejam envolvidos e informados sobre as medidas tomadas para garantir a segurança das/os suas/seus filhas/os em relação ao programa.

3.6 Monitoramento e Avaliação
(a) Inscrição e Informações de Contato
Nossa organização registra todas as participantes do programa e garante que os dados de contato dos pais / responsáveis estejam disponíveis para as/os treinadoras/es e professoras/es.

(b) Integração dos Indicadores de Proteção à Criança
Nossa organização integra o desempenho na proteção à criança com o sistema de monitoramento e avaliação.

Exemplo
- O número de reclamações e violações é rastreado.
- Reclamações, violações, encaminhamentos e processos de investigação estão claramente documentados

(c) Avaliação Regular da Política e dos Processos de Proteção à Criança
Nossa organização realiza avaliações após um determinado período de tempo para avaliar a eficácia das políticas e procedimentos.

Exemplo
- Se forem recebidas poucas ou nenhuma reclamação, a organização deve verificar de maneira minuciosa as políticas e processos de proteção à criança, para garantir que estejam trabalhando eficazmente


Resultado: Nível básico
A sua organização está no início da jornada e ainda precisa implementar mais ferramentas e recursos para tornar seus programas esportivos seguros para as meninas. Utilize essa autoavaliação para identificar os pontos fortes e os pontos a serem melhorados em seus programas, e desenvolva um plano de melhorias. Na sessão “Guia Internacional”, você poderá obter mais informações sobre como colocar em prática estratégias e ferramentas que tornarão seu programa esportivo mais seguro e inclusivo para meninas. Consulte os capítulos a seguir do Guia Internacional de acordo com as suas necessidades para obter orientações objetivas em relação aos seguintes pontos:

- Desenvolvimento de programas
- Operações
- Habilidades para a vida
- Participação da comunidade
- Espaços seguros
Resultado: Preparação e Planejamento
A sua organização está atualmente revisando seus pontos fortes e fracos e planejando os passos a serem tomado para garantir a segurança das meninas em seus programas esportivos. Utilize essa autoavaliação como suporte para desenvolver seu plano de ação. Na sessão “Guia Internacional”, você poderá obter mais informações sobre como colocar em prática estratégias e ferramentas que tornarão seu programa esportivo mais seguro e inclusivo para meninas. Consulte os capítulos a seguir do Guia Internacional de acordo com as suas necessidades para obter orientações objetivas em relação aos seguintes pontos:

- Desenvolvimento de programas
- Operações
- Habilidades para a vida
- Participação da comunidade
- Espaços seguros
Resultado: Implementação Básica
A sua organização iniciou a implementação de estratégias e recursos básicos para a segurança das meninas nos esportes. Essa autoavaliação poderá ser utilizada como suporte para desenvolver seu plano de ação e para acompanhar o progresso de sua organização. Na sessão “Guia Internacional”, você poderá obter mais informações sobre como colocar em prática estratégias e ferramentas que tornarão seu programa esportivo mais seguro e inclusivo para meninas. Consulte os capítulos a seguir do Guia Internacional de acordo com as suas necessidades para obter orientações objetivas e recursos em relação aos seguintes pontos:

- Desenvolvimento de programas
- Operações
- Habilidades para a vida
- Participação da comunidade
- Espaços seguros
Resultado: Implementação Avançada
A sua organização está em processo de implementação de estratégias e/ou políticas de segurança, tendo despendido recursos significativos neste processo. Essa autoavaliação pode ser utilizada para identificar seus pontos fortes e eventuais pontos a serem melhorados, também podendo ser utilizada para acompanhar o progresso de sua organização. Na sessão “Guia Internacional”, você poderá obter mais informações sobre melhores práticas, estratégias e ferramentas para o desenvolvimento de programas esportivos seguros e inclusivos para meninas. Consulte os capítulos a seguir do Guia Internacional de acordo com as suas necessidades para obter orientações objetivas e recursos em relação aos seguintes pontos:

- Desenvolvimento de programas
- Operações
- Habilidades para a vida
- Participação da comunidade
- Espaços seguros
Resultado: Manter e Melhorar
Parabéns! Sua organização está pronta e passa por revisões regulares de suas políticas e procedimentos para garantir a segurança das meninas em seus programas esportivos. Caso queira obter mais informações sobre melhores práticas e ferramentas referentes a cada ponto apresentado nessa autoavaliação, consulte a sessão “Guia Internacional” desse site. Também a/o convidamos a compartilhar conosco suas experiências e ferramentas na área, para que possamos aprender através da sua prática como oferecer oportunidades efetivas e seguras no esporte para meninas no Brasil e no mundo.
Consulte os capítulos a seguir do Guia Internacional de acordo com as suas necessidades para obter mais informações aos seguintes pontos:

- Desenvolvimento de programas
- Operações
- Habilidades para a vida
- Participação da comunidade
- Espaços seguros